terça-feira, 29 de maio de 2012

Porque o que vem de Deus nunca vai embora, enfrenta tempestades, dilúvios, terremotos. Fica fraco, mas permanece para sempre.